Churrasco

Churrasco é o nome dado ao prato feito a base de carne in natura ou processada, assada sobre fogo ou brasas, com a utilização de estacas de madeira ou metal — chamados de espetos — ou de grelhas.

Na América do Sul a primeira grande área de criação de gado foi o pampa, extensa região de pastagem natural que compreende parte do território do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil, além da Argentina e Uruguai. Foi ali que os vaqueiros, conhecidos como gaúchos, tornaram o prato famoso e típico.

O correto é afirmar que não existe fórmula exata, uma vez que cada região desenvolveu um tipo diferente de carne assada, mas, sem dúvidas, a imagem mais famosa no Brasil é o churrasco preparado pelos gaúchos, expressão que virou nome do cidadão nascido no estado do Rio Grande do Sul.

No Brasil, churrasco se refere a toda carne assada na churrasqueira ou no estilo fogo de chão, quase sempre em grandes espetos na região sul, e grelha nas outras regiões.

Para o fogo, o mais comum é o uso de carvão, pela praticidade e facilidade de compra, porém os mais tradicionalistas defendem o uso da lenha. Existem também churrasqueiras à gás, pouco utilizadas por interferir no tradicional sabor do assado.

O tempero varia conforme o gosto e o costume local, podendo ser simplesmente sal grosso ou refinado, até as mais elaboradas fórmulas. De longe, a carne preferida é a bovina, mas também são muito apreciadas as carnes de origem suína, ovina, de aves, além de embutidos, como a linguiça.

7 Dicas Para Assar Um Bom Churrasco:

Antes de meter as carnes na churrasqueira, lembre-se de que o fogo deve estar bem formado e estabilizado. Nada de labaredas ou fumaça em excesso!

Preste atenção na temperatura da carne antes de levá-la à churrasqueira. Se ela foi congelada, deve ser descongelada antes e estar em temperatura ambiente ao ir para o fogo.

Como aplicar o sal grosso? Ele deve ser distribuído por todo o corte, retirando-se o excesso enquanto a carne estiver assando. O sal não deve estar úmido.

O espeto deve estar am 40cm do fogo, para proteger a carne das altas temperaturas das churrasqueiras e evitar que fique seca.

As labaredas não devem estar altas para não entrarem em contato com a carne, não secá-la demais e nem carbonizar a superfície. Para conter as labaredas, nunca jogue água, pois senão a churrasqueira perde muito calor.

Quando achar que a carne está pronta, retire-a do fogo e corte um pedaço para ver o corte internamente. Fatias finas aumentam o sabor do churrasco.

Lembre que um bom churrasco envolve todo um ambiente de confraternização e alegria e, por isso, não pode ter pressa. É preciso respeitar o tempo de preparo de cada corte, evitando-se acelerar ou retardar o processo.

Ingredientes Mais Utilizados

Picanha:

Costela:

Maminha:

Fraldinha:

Alcatra:

Filé:

Contrafilé:

Vazio:

Pernil de Porco:

Paleta de Porco:

Costeleta de Porco:

Costela de Ovino:

Paleta de Ovino:

Pernil de Ovino:

Coxa e Sobre-coxa de Frango:

Peito e Asas de Frango:

Coração de Frango:

Saladas Diversas:

Salada de Batata Com Maionese:

Pão:

Salsichão:

Pesquisando pela internet achei um site que faz todo o cálculo do churrasco, por ítens, inclusive com preços. Muito boa ideia.

http://www.calculoparachurrasco.com.br/


Anúncios

Uma resposta para Churrasco

  1. Pingback: Os números de 2010 | Meus Pratos na Cozinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s